The King of Fighters XIV tem missão de cativar a nova geração de jogadores

Cresci na década de 1990 ainda no meio da febre dos fliperamas. Lembro de sempre pedir para a minha mãe R$ 1 para comprar uma ficha e jogar The King of Fighters 97, a grande febre da minha época de moleque. Eu tinha outras opções como Street Fighter vs X-Men ou Pocket Fighters (versão cabeçuda dos lutadores da Capcom), mas TKOF tinha algo bem diferente dos outros.

Quase 20 anos depois, The King of Fighters perdeu um pouco de seu brilho, mas tentará recuperar um pouco do respeito com a sua 14ª edição. The King of Fighters XIV, que será lançado exclusivamente para PS4 e PC, promete tons grandiosos ao colocar 50 lutadores à disposição dos seus fãs.

Além disso, os golpes de todos os personagens receberam um belo upgrade, dando maiores possibilidades de combinações e refazendo especiais de seus clássicos lutadores. Mas apesar de tudo isso, será que a franquia ainda tem fôlego para acompanhar de perto Street Fighter e Mortal Kombat?

thekingoffightersxiv_leona

Graficamente falando, TKOF XIV fica devendo e muito aos seus principais concorrentes. A SNK poderia ter buscado levar os recursos do PS4 até o limite, assim como fizeram a Capcom e a NetherRealm com seus respectivos games de luta. A demonstração e os trailers nunca foram animadores nesse quesito, mas a esperança ficou na jogabilidade.

Nesse ponto, acredito que os fãs não vão se decepcionar. Senti uma leveza quando testei o game em sua versão demo, com golpes e movimentação dos personagens respondendo bem. Os combates são praticamente os mesmos que já conhecemos, podendo formar o tradicional trio ou lutar solo.

Acompanhando o manual dos dias atuais, The King of Fighters XIV trará um Modo História para os jogadores acompanharem algo a mais do que o esperado Modo Arcade. Se o título estiver mais próximo da qualidade de Moral Kombat X na hora de construir uma trama, podemos ficar tranquilos, não é mesmo?

The-King-of-Fighters-XIV

Outra ótima novidade pode ser o Modo Online. Jogadores poderão se juntar e formar um trio para desafiar outros jogadores de todo mundo. Nada melhor do que entrar naquela pancadaria formando uma “gangue” com os amigos.

Difícil saber se The King of Fighters XIV conseguirá se reinventar e cair no gosto do público mais jovem, assim como fez MK ao longo dos anos e também Street Fighter, quando apresentou a sua quarta versão. Os fãs mais antigos do game da SNK certamente vão se sentir bem quando formarem o seu trio mais poderoso e ir ao combate.

Capcom confirma Resident Evil 7 na Brasil Game Show 2016

Próxima Notícia »

Square Enix lança quarto episódio de Brotherhood Final Fantasy XV